2

IA! IA! IARA

Ia! Ia! Iara!
A sereia da floresta
canta e encanta o belo índio
com seu canto que é festa.

Canta que seu canto encanta,
deusa do canto encantador,
que engana o pobre índio
com seu canto de amor.

Ia! Ia! Mãe d’água!
De voz doce e angelical,
traiçoeira com’a serpente
pronta a dar o golpe fatal.

Canta que seu canto encanta,
deusa do canto encantador,
que engana o pobre índio
com seu canto de amor.

Ia! Ia! Iara!
Que afaga o coração
e afoga, indefeso,
quem escuta sua canção.


Poema escrito por Cintia Amorim,

2 comentários:

Prof Rosi Oliveira

Olá Tudo Bem? Primeiro! Quero me apresentar sou a Professora Rosimeire Feliciano Oliveira
A minha especialidade é falar sobre Saúde, Bem Estar e Emagrecimento.



Escrevo atualmente para o Beleza Blog (beleza.blog.br).

Achei muito interessante o seu blog, gostaria de contribuir com um artigo de minha autoria,

o texto é totalmente gratuito e será relacionado à área de Beleza ou Emagrecimento ou Bem Estar.

Será um artigo atraente e atualmente muito buscado pelo público.



Para divulgação do meu trabalho o que necessito é um link dentro do artigo para o meu blog.

Se você aceitar publicar o artigo eu divulgo (grátis) na nossa rede que soma mais de 2 milhões de visualizações.



Entre em contato comigo por e-mail prof.rosioliveira@gmail.com



Será um prazer enviar um artigo para avaliação e um plano de divulgação que mostra todos os locais onde seu blog será divulgado.



Gostaria de fazer parte do seu blog através desse artigo!



Aguardo sua resposta e estou a sua disposição!

Atenciosamente,

Professora Rosi Feliciano Oliveira

António Jesus Batalha

Estou a tentar visitar todos os seguidores do Peregrino E Servo, pois por uma acção do google meu perfil sumiu e estava a seguir o seu blog sem foto e agora tive de voltar a seguir, com outra foto. Aproveito para deixar um fraterno abraço e muita paz e saúde.
António Jesus Batalha.

Postar um comentário